Criação de Jogos | Como funciona criar um jogo?

Criação de Jogos | Como funciona criar um jogo?

20 de janeiro de 2022 0 Por A Banca Nerd

Criar um jogo, ter a sua ideia colocada em prática da forma que imaginou é o sonho de muitos desenvolvedores, para outros pode ser um pesadelo.

O processo de criação de um jogo é longo, tendo diversas fases antes mesmo de começar as linhas de códigos ou o desenho das artes do jogo, primeiro deve-se pensar na IDEIA: É na ideia que deve focar toda a sua criatividade, pensar em algo diferente ou novo até, algo que faça seu jogo ser único.
Algo que precisa ser feito com atenção e estudo, ter cuidado para não passar de seu orçamento e acabar tendo que usar um dinheiro que não tem no bolso, e estudar para que possa fazê-lo da melhor forma possível, prestando bastante atenção em cada detalhe e nos processos que virão a seguir.

Com sua ideia no papel, precisar estudar a melhor forma de colocar em prática, qual será o motor gráfico que atende suas necessidades, seu orçamento, por onde será iniciado o projeto, se irá contratar uma equipe ou usar assets gratuitos disponíveis em sites pela internet. É de extrema importância ter tudo isso em mente para que possa ter mais cuidado e não se deixar ir no “Modo Improviso“, sem qualquer tipo de cuidado, correndo risco de perder o controle de seu projeto.

Tente não fugir muito do seu orçamento, se tratando de um jogo Indie, o orçamento é o ponto inicial de seu desenvolvimento, por ele que irá se basear no custos de produção, se será necessário contratar artistas, músicos ou programadores, ou se conseguirá fazer tudo sozinho, uma coisa é certo, em algum momento precisará contratar alguém para auxiliar na criação do jogo e quando chegar esse momento, precisará ver quanto está disposto a pagar pelo serviço. É um erro de muitos desenvolvedores acharem que conseguem fazer tudo sozinhos, bom, em muitos casos até conseguem, mas não significa necessariamente que seja fácil fazer isso, por isso pense sobre ter a ajuda ou auxílio de um profissional em seu projeto, tirando dúvidas ou tendo ele em sua equipe, acredite, fará todo o processo de criação ser mais “fácil” ou menos difícil.

Outro ponto importante é o planejamento, antes de desenvolver, a primeira coisa a se fazer é o planejamento. É nessa primeira etapa que você terá o brainstorming, de modo que muitas ideias surgirão. Depois disso, tudo o que foi colocado no papel deve ser refinado para dar origem ao planejamento do jogo. Por exemplo:

  • Qual o roteiro que o jogo seguirá? Ou seja, qual a história, o enredo por trás dele;
  • Em qual cenário o jogo ocorrerá? Quais personagens? Aqui entram as possíveis animações, vídeos, a parte visível que o jogo terá. Também haverá a definição se o jogo será em 2D ou 3D;
  • Toda a parte auditiva do jogo (trilhas sonoras, sons do jogo, etc);

Ter tudo isso planejado fará o projeto andar, diminuindo as chances de encontrar obstáculos pelo caminho.

Tudo isso mencionado logo acima é muito importante na criação de um jogo, mas antes de conseguir fazer tudo isso é necessário um estudo, estudar sobre desenvolvimento, se precisará aprender a programar, desenhar ou criar músicas, estudar o motor gráfico que será utilizado, qual loja pretende enviar o jogo, qual plataforma ele será jogado, o estudo, falando como desenvolvedor, é a parte mais importante.

Estude o mercado. Estude os jogos que tem ideias parecidas com a sua. Evite errar em pontos onde outros já erraram, e uma série de outras dicas que infelizmente dependem mais de bom senso do que de uma matéria aqui. Nosso foco com essa matéria não é ensinar nada, é apenas focar no conceitos básicos para que vc possa saber por onde começar.